sábado, 4 de abril de 2009


Porque é estupido o facto de muitas vezes pensarmos que está tudo bem, quando na verdade não está. Custa , custa muito, dar um sorriso enorme quando na verdade o que nos apetece fazer é chorar, chorar, chorar. Por vezes, fazemos da vida um sentimento, fazemos do coração um medo, temos medo de o sentir, de o seguir, de olhar para dentro dele. Mas na verdade, não é o coração que nos dá vida, é a cabeça . Porque, para mim, quem me dá vida não é simplesmente aquilo que se chama a um órgão que faz circular o nosso sangue, mas sim é o conjunto dos sentimentos e dos actos que nos fazem chorar, sorrir, recordar, memorizar, temer, sofrer, VIVER.
Muitas das vezes, pelo menos uma vez na vida, cada um de nós chama de VIDA a uma pessoa que mais tarde nos vai fazer chorar. O maior erro do humano é amar, porque amar faz-nos ficar viciados na pessoa, faz-nos rebaixar por ela, faz-nos poder ser gozados por ela, mas o sentimento permanece. É fácil de começar a amar, é difícil deixar de sentir amor por alguém. O que dói mais ainda, é quando amamos, fazemos de tudo para termos a pessoa ao nosso lado e , no FIM , ela abandona-nos, pode até não ser porque quer, mas sim porque tem de ser. E porque é que tem de ser? Porque o amor é uma ilusão, é um vício, é uma droga. O amor, é a gota de água para a desgraça total, faz-nos felizes mas também consegue acabar connosco tão rápido como uma bala a bater no nosso coração.

3 comentários:

  1. tão sentido, tão profundo, tão teu aninha *.*
    temos um dom em comum *.*

    ResponderEliminar
  2. OH MEU AMOR
    tu escreves.E SE ESCREVES :D

    <3

    ResponderEliminar